Espa?ol > Actual > Article

Arrependimento pelo Sínodo da Amazônia com relação ao Primeiro Mandamento (versão em português)

Fecha de publicación:   2019-10-29
Autor:   ВВП

 

Arrependimento pelo Sínodo da Amazônia com relação ao Primeiro Mandamento (versão em português)

 

Toda a esfera de ocultismo está intrinsecamente conectada com o paganismo, isto é, com a adoração do Diabo e dos demônios. Trata-se de pecados contra o Primeiro Mandamento. Entretanto, esta esfera está tão oculta, que muitas práticas de magia e adivinhação são promovidas inconscientemente, inclusive por um grande número de monges e sacerdotes. O princípio para discernir é o seguinte: se alguma prática contém elementos ocultos de magia, adivinhação ou espiritismo, inclusive sua forma moderna, já está condenada por Deus. Através do ocultismo pagão, os indivíduos, as nações, assim como a Igreja se mantêm nas trevas espirituais. Tanto o paganismo como o neopaganismo contemporâneo da Nova Era têm sua raíz no Satanismo, que também implica sacrifícios humanos.

As nações pagãs viviam sob o terror dos xamãs nas trevas e na crueldade.

O que se sabe sobre as tribos pagãs aztecas?

Os aztecas, a população indígena do México, ofereciam de 15 a 20 mil sacrifícios humanos cada ano.

Por conseguinte, o espírito do paganismo adquiriu maior força. Nem sequer os missionários cristãos podiam romper a nuvem de medo e de tristeza que pairava sobre os povos indígenas. Só quando a Santíssima Virgem Maria apareceu em Guadalupe nove  milhões de pessoas experimentaram uma conversão tão poderosa, que o espírito do paganismo, da morte e das trevas foi afugentado. Então reinou o espírito de Cristo, o espírito de verdade, justiça e paz.

 

O que classifica a Palavra de Deus como ocultismo no Deuteronômio, capítulo 18, versículo 9 a 12?

Há nove esferas:

1º: Fazer passar pelo fogo: trata-se da dedicação às deidades (demônios).

2º: Em Hebreu “qosem”: significa a adivinhação. Tem aproximadamente 200 formas.

3º: Me’onen: significa astrología. Inclui os horóscopos, e os signos do zodíaco.

4º: Menajesh: significa magia branca. Inclui curandeiros, mesmeristas, parapsicólogos

5º: Mejashef: significa magia negra. Inclui, por exemplo, os feiticeiros.

6º: Jover, javer: significa magia popular. Inclui a todo tipo de feitiços, encantamentos, a ceromancia [arte de ver o futuro através das velas], leitura das cinzas, vertido de chumbo.

7º: Sho’el’ov: significa espiritismo praticado como adivinhação.

8º: Yid’oni: significa clarividência psíquica

9º: Doresh’el-hametim: significa espiritismo praticado como magia

“Pois todo aquele que faz tal coisa é abominação ao Senhor”. (Deuteronômio 18:12)

 

O que diz o Primeiro Mandamento?

O Primeiro Mandamento diz: Eu sou o Senhor teu Deus. Não terás outros deuses diante de Mim!” Eu, teu Deus. Trata-se, sobretudo, de uma relação pessoal com Deus. Esta relação de amor com um Deus pessoal é o mais importante. Não podes dizer que amas a Deus, a menos que obedeças seus mandamentos específicos.

“Ouve, Israel, o Senhor nosso Deus é o único Senhor. Amarás, pois, o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças. Não seguireis outros deuses (demônios), a nenhum dos deuses dos povos pagãos.” (Deuteronômio 6:4s,14)

Sem o Primeiro Mandamento, todos os demais não têm sentido. Esta relação de amor com Deus se associa com a bênção; e sua transgressão, com os castigos mais severos. Moisés adverte antes de sua morte: “se vos inclinardes a outros deuses, e os servirdes, certamente, pereceréis.” (Deuteronômio 30:15 ss)

A história de Israel girava ao redor desse Mandamento principal. Quando a nação se inclinou à idolatria pagã, que tem sua força na magia, na adivinhação e no espiritismo, a consequência foram as guerras, as doenças, etc. Um castigo exemplar pela adoração de demônios pagãos foi o exílio e o cativeiro babilônico. Todos os reis de Judá e Israel são julgados por um critério: se eram idólatras ou adoradores do Senhor.

 

Qual é a atitude do Novo Testamento com relação às práticas pagãs de adivinhação e magia? A pregação do Evangelho completo no Novo Testamento, requeria que as pessoas não somente acreditassem em Cristo, mas que também rompessem com o espírito do paganismo.

Ainda que a escrava de Filipos tenha elogiado muito os pregadores do Evangelho, o Apóstolo Paulo colocou para fora dela o espírito da adivinhação. (Atos dos Apóstolos, 16, 16)

Enquanto pregava o Evangelho em Chipre, Paulo predisse ao feiticeiro judeu que era um filho do Diabo e o feiticeiro ficou cego. (Atos dos Apóstolos, 13, 1-12)

Em Éfeso, os pagãos que se converteram ao Cristianismo queimaram livros ocultos que tinham valor de 50 mil peças de prata. (Atos dos Apóstolos, Capítulo 19)

 

O que, especificamente, deve fazer o cristão hoje em dia?

Todo cristão verdadeiramente convertido deve limpar sua casa não só de livros ocultos, mas também de símbolos e objetos ocultos.

Os crentes comuns estão mais confusos pela chamada magia branca, que parece curar. Em realidade, o Demônio que está detrás da magia, não cura. Só transfere a doença a outra parte do corpo. Ademais, escraviza o homem e isso se faz mais evidente na hora da morte. O demônio arrasta sua vítima à perdição.

Na atualidade, só na Itália há quase 12 milhões de praticantes de magia. Este fato aponta à desorientação existencial.

Hoje em dia se produziu uma invasão por parte de deuses alheios através das religiões e práticas pagãs. Portanto:

Não terás imagens em forma de deuses pagãos, tais como imagens em forma de deidades pagãs, tais como símbolos de animais ou pássaros.

 

Não levarás colares com o signo do zodíaco nem acreditarás nos horóscopos.

Não te inclinarás ante eles, em outras palavras, não depositarás tua fé ou teu coração neles (por exemplo, talismãs, meditações orientais)

Não os servirás: várias ordens ou proibições que prometem falsamente trazer êxito e felicidade.

Não te deixes escravizar pelas superstições antigas ou modernas, porque deste modo pões tua fé nas forças demoníacas ocultas, e não em Deus. Estas forças ocultas se manifestarão na tua vida por doenças ou desgraças. E o mais importante: como terminará tudo?

Os idólatras e os que praticam artes mágicas terão sua parte no lago que arde no fogo.

 

Homeopatia: recentemente, as farmácias se encheram de remédios homeopáticos. A ciência se dissocia deles. No livro “Medicina Alternativa”, doze professores da Universidade Carolina afirmam: “A homeopatia se baseia em princípios irracionais. Rechaçamos seus medicamentos, já que sua eficácia não foi provada.

O Dr. Tyler Kent, um destacado representante da homeopatia, admite: “todos os remédios homeopáticos afetam em primeiro lugar a vontade e a consciência. AURUM produz que todos os afetos naturais no homem saudável, estão pervertidos. Os efeitos de AURUM são tão fortes, que o homem odeia a vida, deseja morrer e busca métodos para suicidar-se. ARGENTUM quebra tão fortemente o entendimento humano, que o homem já não é racional, sua memória está totalmente arruinada. É igual com todas as substâncias homeopáticas. A essência da homeopatia é a magia. Primeiro, o princípio do símil: o semelhante cura o semelhante. Segundo, o princípio da diluição: a substância primária utilizada para a preparação de um remédio homeopático se dilui. A diluição de trinta não contém nenhuma molécula da substância primária. Também há diluições mais altas: de cem, de duzentos, de mil ou superiores. A pessoa deve dar-se conta de que o que se supõe que cura não é uma substância médica, senão uma espécie de energia imaterial isto é, forças espirituais. Deve ficar claro para todos que este é o campo da alquimia e da magia. O terceiro princípio, igualmente duvidoso, é o princípio da sucussão: a tipología homeopática também é oculta. É uma analogia com os horóscopos astrológicos.

“A acupuntura e a homeopatia não utilizam forças natruais, mas entidades espirituais. Quem se submete a esse tipo de terapias abre a porta para estas entidades. (Dra. Maria Mayer, Universidade de Hannover)

Na atualidade, Francisco realiza rituais pagãos diretamente no Vaticano. Seu objetivo é implantar o ocultismo e a religião do velho homem, isto é, o paganismo no coração da Igreja.

Se queremos observar os Mandamentos de Deus e ser salvos, devemos romper com esta pseudoespiritualidade oculta.

Se alguém buscou ajuda de um adivinho, um curandeiro oculto ou um mago, ou recorreu a remédios homeopáticos, acupuntura ou outras práticas, tem uma infecção espiritual dentro de si. Deve renunciar a ela e confessar este pecado contra o Primeiro Mandamento no Sacramento da Reconciliação.

 

Que queime ou destrua os livros e objetos ocultos.

Este é um arrependimento específico de cristãos sinceros, por causa de sua salvação e a renovação da Igreja.

Através desse arrependimento, também se desprenderão do passo suicida de Bergoglio.

O Primeiro Mandamento determina a relação pessoal com Deus. Francisco Bergoglio deixou-O [a Deus] de lado e adotou o espírito pagão da Amazônia. Assim, substituiu a relação com Deus por uma relação pessoal com o Diabo e seus Demônios.

 

Diferentes formas de ocultismo incompatíveis com o Cristianismo:

Primeiro: Espiritismo. Invocação de espírito, sessões espíritas, usos de médiuns, estados de transe, bolas de cristal, tabuleiros de ouija, garrafas.

Segundo: Magia negra e branca. Encantamentos, imprecações, feitiços, rompimento de feitiço, leitura de cera de velas, das cinzas, bruxaria, superstições ou práticas supersticiosas, por exemplo gato negro, cuco, etc. Números ou dias de sorte e de azar. Superstições  relacionadas com o Ano Novo, o nascimento, o casamento, o enterro.

Terceiro: Adivinhação  (aproximadamente 200 formas); adivinhação por meio de anéis, de lenços, de fotos; adivinhação com borras de café, naipes, espelhos. Leitura da palma da mão, leitura de bola de cristal, varas adivinhadoras de radiestesia, pêndulos, astrologia, signos do zodíaco, horóscopos, ciclos de biorritmo, livros de sonhos, interpretação de sonhos,

Quarto: Medicina alternativa: praticamente todos os curandeiros tradicionais, bioenergética, bioterapêutica, aromaterapia, varinhas de incenso, lâmpadas aromáticas, homeopatia, acupuntura, acupressão, respiração holotrópica, diagnóstico de iris, ervas mágicas (por exemplo extrato de yuca, ginseng), magnetismo animal ou mesmerismo, psicotrônica, biotrônica, zonas geopatógenas, vegetarianismo (está conectado com a yoga e com as filosofías orientais), pessoas com “dotes” extrasensoriais, tais como Kashpirovsky, Baba Vanga, etc.

Quinto: Métodos psicológicos: hipnose, autosugestão, autohipnose, treinamento autógeno, relaxação e técnicas de relaxação autógena; meditação transcendental, método Silva, reiki; os chamados cursos de sucesso; participação nas estruturas da Nova Era (por exemplo: Network TwentyOne, Amway, Oriflame, Herbalife…) que constroem redes e comunidade e abraçam a espiritualidade da Nova Era.

Sexto: Falsa espiritualidade. Todo tipo de yoga e zen, livros, filosofías associados com eles; todo tipo de artes marciais orientais, associadas com meditações orientais e, consequentemente, com a espiritualidade pagã (por exemplo: karatê, aikido, taekwondo, wushu…); simpatia pelas religiões orientais como budismo, hinduismo (através do yoga) e seus líderes (Gandhi, Dalai Lama, gurus…); entusiasmo pela mitologia pagã egípcia e grega (estátuas, amuletos, anj…); crenças na reencarnação, nos extraterrestres.

Sétimo: Objetos ocultos; pedras ocultas, amuletos, pirâmides, pedras de cristal, talismãs “para a sorte”.

Oitavo: Literatura e filmes ocultos: Manuais de magia e adivinhação, literatura gnóstica, literatura da Nova Era, ficção científica, ovnis.

Nona: Música oculta com raízes no vudú satânico: heavy metal, hard rock, música new age e música esotérica, música de relaxação…

 

Um cristão sincero – não só um católico – necessita o poder de Deus o “dinamis” do Espírito Santo. En caso contrário, será só um visitante passivo da Igreja, e não um discípulo de Jesus. É por isso que primeiro tem que romper com as práticas ocultas e o espírito oculto. Que renuncie às práticas ocultas em que esteve envolvido, assim como ao espírito que está atrás delas. Deveria fazê-lo em presença de duas testemunhas. Um cristão católico também deve confessar esse pecado no Sacramento da Reconciliação. Este é o arrependimento específico que Deus exige neste momento histórico, de todos os fiéis, sacerdotes, religiosos e bispos genuínos. Então Deus dar-lhes-á o conhecimento, o poder do Espírito Santo e a verdadeira Sabedoria e a Vida Eterna depois da morte.

Hoje Jesus te diz também a ti: arrepende-te e crê no Evangelho. Se não te arrependes desses pecados, perecerás. (Lucas, 13, 3)

 

+ Elias
Patriarca do Patriarcado Católico Bizantino
 
+ Método OSBMr             + Timóteo OSBMr
Bispos Secretários

 

10 de outubro de 2019

 

Baixar: Arrependimento pelo Sínodo da Amazônia com relação ao Primeiro Mandamento (10.10.2019)